“Autophoto”

18 de Maio de 2017

Centro da vida moderna há mais de um século, o automóvel sempre foi uma temática recorrente de fantasias relacionadas à potência, à velocidade, à violência, à técnica, ao desejo e sinônimo de progresso industrial, sucesso social, transformando a paisagem urbana, poluindo o ar e os planos sociais. Trinta anos depois da mostra “Tributo à Ferrari”, a Fundação Cartier para a Arte Contemporânea apresenta até 24 de setembro “Autophoto”, uma exposição inteiramente dedicada à relação entre a fotografia e o automóvel.

Através de mais de 450 obras do início do século XX até os dias atuais, “Autophoto” reúne cerca de 100 fotógrafos internacionais renomados como Jacques-Henri Lartigue, Lee Friedlander, Rosangela Renno ou Yasuhiro Ishimoto para mostrar como o automóvel tornou-se, desde a sua invenção até os nossos dias, um assunto e uma ferramenta para artistas de todos os horizontes. Na série assinada por Yasuhiro Ishimoto e Langdon Clay aparecem exuberantes perfis de carros estacionados ora nas ruas desertas, na neve ou à noite. Por outro lado, William Eggleston captura de forma fugaz e instantaneamente algumas autopeças dos Estados Unidos em cores brilhantes.

A Fundação Cartier conseguiu fazer uma proeza interessante ao dar carona ao público mostrando em impactantes imagens a história de carros improváveis. Uma delas é a série dos orgulhosos proprietários europeus que posam na frente dos seus carros ou ainda dos refugiados da Alemanha Oriental, quase esmagados nos cofres dos carros, tentando ultrapassar as fronteiras para conquistar o Ocidente. “Autophoto” é uma exposição muito interessante e curiosa onde o visitante pode descobrir o carro de todos os ângulos, nas estradas e até mesmo em carcaças. Como bônus, vários filmes lendários são projetados mostrando a emoção de estar no controle sobre quatro rodas.

TEXTO – Chantal Manoncourt

IMAGEM © Valérie Belin / ADAGP, Paris 2017 © David Bradford © Alejandro Cartagena © Lee Friedlander, cortesia Fraenkel Gallery, San Francisco © Estate Ray K. Metzker, cortesia “Les Douches la Galerie”, Paris / Laurence Miller Gallery, New York © Luciano Rigolini (apropriação – fotógrafo desconhecido, 1958)

Você também pode gostar...

Para receber nossas matérias
Muito obrigado pela sua visita!
Correspondance Magazine®