Artista singular

9 de Dezembro de 2016

O escritório da agência 4Bi & Associés, de Bruno Moinard e sua sócia Claire Bétaille, se encontra na Avenue Montaigne, epicentro do luxo parisiense e foi numa tarde nublada que subi até ao terceiro andar para entrevistá-lo. Foi ele mesmo quem abriu a porta e me instalou num confortável sofá enquanto terminava uma conversa com um dos seus fornecedores. Moinard me pediu alguns minutos, adentrou num dos escritórios com uma pilha de pastas de projetos. Enquanto aguardava, fiquei escutando o burburinho do lugar com suas mil e uma portas, de onde o designer entrava e saía com cróquis na mão delegando tarefas, assinando documentos e solicitando informações.

Durante o período em que aguardei nessa antessala observei uma bela bancada em vidro que servia como mesa de apoio que me interpelou, depois descobri que foi o próprio designer quem a desenhou. Quando entrei em seu escritório e vi as paredes arredondadas pintadas de preto envelopadas com os artísticos cróquis de Moinard, que sobem até o teto, descobri que esse traço firme com linhas definidas e a emoção que transborda em suas pinceladas coloridas dizia muito sobre o seu autor. É verdade que através dos seus cróquis é possível delinear o perfil de Bruno Moinard. Um homem de personalidade marcante, talentoso, enérgico, rápido em seus raciocínios e que observa discreta e atenciosamente seus interlocutores antes de fazer algumas confissões.

Foi esse tempo de espera que me fez perceber que estava certa em ter sido persistente e aguardar alguns meses até encontrá-lo tête-à-tête. Esse encontro que foi reagendado inúmeras vezes porque Bruno Moinard estava sempre em viagens, congestionando o trânsito aéreo, me fez perseverar até o fim para encontrá-lo, sobretudo, porque estava curiosa e queria entender o que motiva esse homem. É ele quem o desenha as butiques Cartier ao redor do mundo, a sede da Hermès e do Museu Rodin, em Paris, além de assinar o design de interiores de restaurantes, galerias, hotéis e projetos residenciais em todos os continentes. Na verdade, o nome Bruno Moinard é uma grife de luxo, de Paris à New York, passando por Xangai e Moscou, ele representa o suprassumo do design contemporâneo francês.

São mais de trinta anos de experiência com um fôlego de atleta, ideias constantemente renovadas e um entusiasmo juvenil deste homem que desafia o próprio tempo para criar lugares com estilo minimalista e decoração impecáveis. Bulímico por trabalho sua assinatura é constantemente solicitada e ele acumula projetos, como a sede social da marca Balenciaga, as Galeries Lafayette de Dubai, desenhou um piano para a marca Pleyel e lançou uma coleção de mobiliário de escritório para espaços abertos. Tudo isso foram informações que recebi de sua assessoria mas o tempo em que estive com Bruno Moinard – e nossa conversa foi longa – pude descobrir que o que o motiva, inspira e apaixona esse homem é o seu sonho de ser um artista. Mas isso, ele já é, um artista singular.

4bi-associes.com/fr

Você também pode gostar...

Para receber nossas matérias
Muito obrigado pela sua visita!
Correspondance Magazine®