C.R.E.A.M.

14 de Maio de 2018

Megalópoles povoadas de templos de consumo, pessoas talentosas e criativas que absorvem a interferência da massa para transformar essa experiência em arte visual, esses são alguns dos muitos ingredientes que compõem a cultura urbana. A casa de leilões Artcurial captou esse espírito para apresentar, nesta quarta-feira 16 de maio, suas propostas com “C.R.E.A.M. Cash Rules Everything Around Me”, uma retrospectiva pioneira que exibe três décadas de cultura urbana nos Estados Unidos. Um universo plural onde música, moda, dança, esporte de rua, aliados às referências do mundo infantil e da logomania ganham novas releituras, se transformando em objetos cults que adquirem status de itens de colecionador. A emergência desse fenômeno é analisada como fator social e artístico fundamental na evolução recente das sociedades ocidentais.

Richard Prince, Barbara Kruger, Futura, Barry Mc Gee, Kaws, Phil Frost, Jose Parla ou Neck Face se apropriaram desses novos códigos da cultura urbana para criar uma manifestação social onde audácia, liberdade e efervescência cultural ditam as regras. Essa estética visual pouco convencional é constantemente ovacionada por uma cobertura generalizada da mídia, que coloca esses artistas urbanos num pedestal atribuindo um papel de “atores principais de uma geração urbana bem-sucedida que promove o crescimento da classe criativa”. Um convite sem limites para que as grandes marcas explorem este “segmento culturalmente criativo”, sem falar no crescente desafio da globalização e suas demandas cada vez maiores por produtos originais e inusitados. Nessa nova era de consumo da cultura urbana cada produto é imbuído de uma identidade de marca forte e a casa de leilões Artcurial apostou nessa febre por novidades colocando à venda o crème de la crème dessa criação, onde cada objeto de consumo de maneira artístico-decorativa faz parte de um sistema global de competição e cooperação econômica.   

IMAGEM © Artcurial

Você também pode gostar...

Para receber nossas matérias
Muito obrigado pela sua visita!
Correspondance Magazine®