Castelo Real de Blois

26 de Julho de 2017

O evento “Si Blois m’était conté”, em tradução livre, “Se Blois me tivesse sido contada”, na cidade de Blois tem início assim que a noite cai e os espectadores são acolhidos no meio do pátio do castelo, que se transforma em grande auditório. Durante 45 minutos que evocam os famosos episódios do Castelo Real de Blois, resumidos de maneira sucinta, que marcaram a história da França e que se passaram entre os muros desse Castelo Real de Blois. Com cenografia que mistura magistralmente efeitos sonoros e visuais, refletidos em projeções gigantes, a história ganha vida e forma na grandiosa arquitetura do Castelo. Amores, traições, tragédias e segredos pontuaram a vida de reis e rainhas da França que viveram e se sucederam nesse castelo de reis.

 A iluminação das fachadas e a música cadenciada confere a arquitetura do Castelo Real de Blois uma atmosfera especial, acompanhada pelos efeitos sonoros e as projeções gigantes que mergulham o público no coração da ação, num mundo encantado combinado de cores e luzes. Ritmado pela música original de Eric Demarsan e encenação de André Blanc, a história do castelo ganha em emoção na voz de Robert Hossein, Pierre Arditi ou Fabrice Luchini que relatam os mistérios que cercam Castelo Real de Blois e moldaram a história da França.

O Castelo Real de Blois é a síntese arquitetônica e histórica dos castelos do Vale do Loire, que é uma das referências de grandes épocas da história, Joana D’Arc foi abençoada na capela antes da conspiração que tirou sua vida, complôs liderados por Henry III contra o Duque de Guise, que foi assassinado no local, além de ter sido a residência favorita de sete reis e dez rainhas da França.

TEXTO & EDIÇÃO – Marilane Borges

IMAGEM – Christian Nouzillet em reportagem especial para Correspondance Magazine®

Você também pode gostar...

Para receber nossas matérias
Muito obrigado pela sua visita!
Correspondance Magazine®