Chalé du Mont d’Arbois

19 de Dezembro de 2016

Estação alpina situada na região de Rhône-Alpes, na França, Megève cultiva sua imagem tradicional de cartão postal, onde gerações de famílias se reúnem para esquiar, relaxar, aproveitar da altitude para tomar chá no bar de um grande hotel ou deliciar-se num spa de luxo com prazer garantido. A autenticidade desse vilarejo das montanhas Savoiardes, com atmosfera chique, familiar e mundana nasceu do desejo de uma mulher, a Baronesa Noémie de Rothschild que decidiu criar uma estação de esqui para competir com Saint-Moritz, na Suíça, e se instalou no Mont d’Arbois em 1926.

O estilo maison burguesa está presente nos detalhes do Chalet du Mont d’Arbois, onde viveram os Rothschild, mas nada é ostentatório, nem mesmo os afrescos originais de 1920 tem ares esnobes. Inconfundivelmente chique, esse hotel 5 estrelas atrai a aristocracia internacional durante as estações de esporte na neve, de novembro à abril, e no verão. Na entrada deste chalé os visitantes são acolhidos com frutas cítricas e secas. Na sala, uma bela chaminé à lenha esquenta uma grande sala, especialmente pensada para descanso e bate-papo, degustando petiscos e bolos caseiros na hora do chá.

Acolhedor, o Chalet du Mont d’Arbois tem como um dos seus atrativos uma interpretação contemporânea da gastronomia francesa com particular atenção aos produtos da região. Na mesa, terra, mar, água doce, montanhas e florestas são celebrados em composições harmoniosas que realçam a tradição e o bom gosto à mesa defendido pelo Barão Benjamin de Rothschild. O restaurante gastronômico Le 1920 vale uma visita imperativa pelos seus pratos esteticamente elaborados pelo jovem Chef Julien Gatillon, duas estrelas Michelin. No final, uma rodada de queijos de Savoie e as deliciosas sobremesas, como o soufflé Rothschild flambado com o Grand Marnie.

Dependendo da orientação do sol, a piscina panorâmica aquecida do Chalet du Mont d’Arbois pode ser um convite para um mergulho depois de ter sido mimado com uma bela massagem no spa, que fornece cuidados especiais à base de ervas das montanhas. A poucos passos do chalé principal, os chalés Noémie e Alice acolhem grandes e espaçosas suítes, consideradas verdadeiro patrimônio histórico e arquitetural local. Construídos por Henry Jacques Le Même, arquiteto que ajudou a criar a identidade de Megève, à partir desses chalés-suíte pode-se apreciar o vilarejo de Megève e toda a beleza natural do hotel.

Ter o privilégio de poder avistar o majestoso Mont Blanc e usufruir de uma paisagem deslumbrante do vale e das montanhas circundantes, essa é a proposta da Suite Idéal, localizada à 1.850 metros de altitude. O espaço é requintado com fotografias em preto e branco nas paredes, sofás decorados com peles, veludo de lã e mobiliário de estilo minimalista, que contrasta com a arquitetura típica de um chalé. Os hóspedes acessam o local através de teleférico e podem contar, além do restaurante local, com serviço exclusivo de concierge 24h nessa suíte situada aos pés da mítica montanha.

www.mont-darbois.fr/

Você também pode gostar...

Para receber nossas matérias
Muito obrigado pela sua visita!
Correspondance Magazine®