Chocolates Chapon

7 de Novembro de 2017

“Foi a loja Harrods, em Londres, com seu universo cheio de guloseimas, confeitaria e doces decorativos que me fez sonhar com o mundo do chocolate”, confessa o Chef Patrice Chapon. ”Eles tem ótimas sugestões artísticas para oferecer aos consumidores.” Depois de ter finalizado sua formação em Pâtisserie, o Chef Chocolatier decidiu desbravar novos horizontes e partiu para Londres, onde trabalhou durante alguns anos como sorveteiro da Rainha da Inglaterra no Palácio de Buckingham. ”Foi neste momento que descobri o potencial do chocolate”, atesta o Chef Chocolatier que retornou para a França decidido a abrir seu próprio negócio Chcocolat Chapon em 1985. ”Desde então, o chocolate é o leitmotiv da minha vida.” Em 2011, Patrice Chapon decidiu fazer seu próprio chocolate e tornou-se um dos sete chocolatiers franceses a torrar seus grãos de cacau.

Criativo e cheio de ideias, o Chef Chapon soube criar um universo intimista em suas lojas porque acredita que tudo está relacionado a uma atmosfera. ”Em determinados momentos da vida as pessoas precisam se consolar, confiar num produto, como o chocolate, para se sentir melhor, é isso que tento oferecer aos meus consumidores.” Esse ambiente acolhedor pode ser experenciado na sua mais nova filial de Saint Germain de Prés, próximo à igreja de Saint-Sulpice, onde o móveis de madeira rústica artesanalmente concebidos não competem com os produtos, deixando os visitantes enebriarem os sentidos com os deliciosos aromas que emanam da torrefação.

O Chef Chapon é um dos raros Chocolatiers que pode se dar ao luxo de usar as próprias favas que ele colhe em vários países, como Bolívia, Brasil, Equador, Fiji, Madagascar, Nicarágua, Peru, Tanzânia, Venezuela, Cuba, México ou Vietnã para torrá-las localmente em suas boutiques. Uma tentação sem fronteiras que o Chef generosamente oferece para degustação. A variedade de produtos parece infinita, nougatines, avelãs inteiras do Piemonte, praliné com sal defumado e pistache, além de muitas outras delícias gourmets fazem a alegria dos apaixonados por chocolate. Incansável em suas pesquisas, o Chef Chocolatier enriquece regularmente sua gama de opções, desenvolvendo novas receitas com seu produto fetiche: as avelãs que aparecem, aqui e ali, grelhadas, caramelizadas, picadas ou trituradas. Imbuido do desejo de agradar a todos os paladares, até mesmo os diabéticos podem saborear, sem risco, as doçuras imaginadas pelo Chef Chapon, como as barras de chocolate com côco.

Quando questionado sobre quem o que o inspira nesse mundo gastronômico, o Chef Chapon responde que sua inspiração não vem da gastronomia mas de uma feira de decoração, Maison & Objet. ”Na verdade, fui o primeiro fabricante de chocolate a exibir, em 2007, suas criações”, confessa. ”O mundo do bom gosto, da beleza artística e a relação entre design de interiores, arquitetura e chocolate me agradam particularmente… ” Suas embalagens vintage são o reflexo de sua personalidade artística e um atrativo à parte que esconde alta qualidade em guloseimas fabricadas com o que há de mais moderno e raro em chocolataria: a torrefação in loco. Quando não está criando receitas, Patrice Chapon é capaz de se aventurar nos mais longínquos continentes, degustando localmente e selecionando os melhores frutos de cacau para enriquecer suas receitas com sabores naturais. Ao criar sua própria marca Chocolat Chapon imprimiu em suas criações seu interesse pela arte moderna, pelo design e pela natureza, confirmando o adágio popular de que uma paixão pode orientar um destino.

Você também pode gostar...

Para receber nossas matérias
Muito obrigado pela sua visita!
Correspondance Magazine®