Daniel Suduca & Thierry Mérillou

6 de Outubro de 2015

11_danielsuducaetthierrymerillou_adinterieurs15-photo-claire-israel

Para festejar mais uma primavera, AD Intérieurs convidou 15 decoradores, designers e criadores para montar cenários que reflitam os modernos modos de vida. Do escritório à cozinha, passando pela sala, todos se impregnaram de suas referências estéticas para criar uma cenografia rica e imaginativa colocando em evidência a decoração de interiores do futuro. A apresentação desses projetos no Palácio de Iéna, sede do Conselho Econômico, Social e Ambiental, mostrou vários cenários criativos em harmonia com essa temática atual. Correspondance Magazine® entrevistou com exclusividade Isabelle Stanislas, Bismut & Bismut, Dimore Studio, Damien Langlois-Meurinne, Thierry Lemaire, Patrick Norguet, Oitoemponto, Daniel Suduca e Thierry Mérillou para conhecer em detalhes suas histórias, aspirações, novos projetos e muito mais… Boa inspiração!

Fale-nos um pouco da sua trajetória…

– Depois de estudar arquitetura em Paris, criamos nossa agência em Toulouse. A abertura de nossa “Galerie Saint Jacques” com nossos projetos de mobiliário, bem como peças de designers de interiores do século XX, permitiu-nos desenvolver uma clientela privada que foi seduzida pelos ambientes apresentados nesse espaço.

Quais são suas fontes de inspiração?

– Todos os setores criativos nos inspiram, do teatro de Bob Wilson à arte de Anselm Kieffer, das roupas de Yves Saint Laurent aos jardins de beleza sutil de Louis Benech. Nós não temos um mestre, em especial, mas vários.

Quais as palavras que melhor definem o trabalho de vocês?

– Sobriedade, riqueza cultural e elegância poética são alguns símbolos das nossas realizações, que fazem dialogar estilos e épocas com nonchalance.

Como vocês escolhem os materiais com os quais irão trabalhar?

– Eles se impõem de acordo com a personalidade dos projetos: madeira e lona crua para um cenário campestre completo; mármore e sedas coloridas para uma atmosfera indiana; couro e bronze para um interior masculino e urbano e assim por diante.

Vocês trabalham sob o ritmo das tendências ou seguem uma “dupla” intuição?

– Sem hesitar, seguimos nossa intuição e trabalhamos somente de acordo com nosso desejo pessoal.

Existem personalidades do mundo da decoração, do design ou outra área que os inspiram?

– Claro, muitos arquitetos nos inspiram. Clássicos ou modernos, nós os estudamos com cuidado mas atualmente é muito importante prestar atenção no estilo de vida das pessoas e entender suas aspirações. Nesse aspecto, a moda é um setor muito revelador.

Como vocês se definem: designers de interiores, decoradores ou criativos?

– Somos principalmente arquitetos. O volume e as proporções são essenciais para nós e é impossível imaginarmos nosso trabalho sem o conjunto que o compõe, ou seja, a escolha dos móveis, dos tecidos, da iluminação, que também é um detalhe primordial.

Quais são os novos projetos?

– Neste ano participamos de algumas feiras e, em Março e Setembro de 2016, vamos fazer a cenografia de dois eventos em Paris. Temos alguns projetos de casas particulares na Europa: mansões em Paris, Genebra, Bruxelas e Toulouse; casas de férias na Espanha, Portugal e na praia da Pipa, no Brasil. Estamos considerando ainda participar de um projeto de hotel no sul da França.

Com o que vocês sonham?

– Espaço, ar e luz representam o verdadeiro luxo, as coisas simples e naturais.

www.galeriesaintjacques.com

 

Você também pode gostar...

Para receber nossas matérias
Muito obrigado pela sua visita!
Correspondance Magazine®