Esculpindo chocolates

16 de Dezembro de 2017

“O chocolate é minha paixão”, declara Patrick Roger, durante a apresentação de seu novo atelier na cidade de Sceaux, região parisiense. Muito mais que um dos maiores chocolatiers da França, Roger é um artista que esculpe obras de artes envolvidas no néctar de cacau. “Para mim é sensibilidade artística e cultura do produto, uma combinação de intuição, imaginação, abstração a partir de uma ideia,” declara o artista-chocolatier. O que faço com o chocolate é conectar elementos que à primeira vista não pertencem ao mesmo mundo e criar relações que não existem ainda mas que requerem um certo nível de savoir-faire e criatividade,” atesta Patrick Roger. Visualmente deslumbrantes e deliciosas, suas criações são aperfeiçoadas com técnicas artísticas, onde esculturas metálicas se transformam em moldes de chocolate preenchidos com os melhores produtos. Suas invenções, que derretem na boca, seja uma barra de chocolate escuro de fonte única aos doces cheios de licor, ou ainda um praliné, uma fruta mergulhada em chocolate, uma trufa ou outros deleites pecaminosos, calóricos e mortalmente deliciosos.

Nos ateliês de Patrick Roger são executados cada etapa do próprio processo de fabricação, misturando diferentes favas de cacau de origens diversas, possam garantir um chocolate com sabor único, além disso, a produção é feita em pequenos lotes usando métodos de conservação especiais para que o chocolate seja servido fresco em qualquer época do ano. Nas boutiques de Bruxelas à Paris e arredores, os clientes saboream primeiramente com os olhos antes de degustar os maravilhosos chocolates e ganaches, frescos e artesanais, envolvidos com mel, caramelo, avelãs, yuzu, limão, frutas, nozes, para citar alguns ingredientes naturais e absolutamente nenhum produto químico, aditivos ou conservantes entram na composição dos chocolates Patrick Roger.

IMAGEM © Patrick Roger

Você também pode gostar...

Para receber nossas matérias
Muito obrigado pela sua visita!
Correspondance Magazine®