FIAC 2018

21 de Outubro de 2018

O fluxo constante de visitantes e o número crescente de galerias e colecionadores, marcaram a 45ª edição da Foire Internationale d’Art Contemporain (FIAC), que aconteceu de 17 à 21 de outubro, reunindo 195 galerias de 27 países, incluindo 18 novos expositores e três novos países, Grécia, Peru e Irlanda, além de ter representações da Ásia e da América do Sul. Apesar da maioria das galerias serem francesas, um forte contingente de galerias européias e americanas se fizeram presentes, tendo os herdeiros do Tio Sam como representantes de um quarto de todos os expositores.

Colecionadores, apaixonados por arte e mais de 75.000 pessoas passaram sob o teto de vidro do Grand Palais.  Especialmente os americanos, que são naturalmente atraídos por Paris, além disso, o contexto cultural do momento com exposições de renome, como a retrospectiva de Joan Miró, no próprio Grand Palais, sede da FIAC, e Jean-Michel Basquiat na Fondation Louis Vuitton, ou ainda Picasso no Musée d’Orsay e Franz West atualmente em exibição no Centre Pompidou, contribuíram para um aumento no número de visitantes. Não é de se estranhar que a FIAC ainda atrai uma porcentagem maior de colecionadores europeus em comparação a outras feiras de arte internacionais.

Estandes elegantes, obras selecionadas com foco e sinônimo de qualidade enfatizavam a importância de “contar histórias para permitir que os colecionadores tenham um foco”. Durante uma semana inteira, graças a arte e aos artistas, Paris brilhou intensamente em todos os espaços culturais onde exposições excepcionais contribuiiram para este evento em algo imperdível e único. Trabalhos propostos pelas galerias como parte dos Projetos FIAC e a FIAC “Hors les Murs”, foram um sucesso de público. “Pude observar colecionadores e profissionais interagirem com uma efervescência particular e  uma grande parte das galerias evocaram uma FIAC particularmente bem sucedida, tanto em termos de vendas como de experiência,” conta Jennifer Flay, diretora da FIAC. “A força das obras apresentadas e a relevância dos estandes fizeram desta 45ª edição um momento especial com um elevado nível de energia e muitos colecionadores de alto nível satisfeitos.”

IMAGEM © FIAC © Marc Domage

Você também pode gostar...

Para receber nossas matérias
Muito obrigado pela sua visita!
Correspondance Magazine®