Frédéric Pinel

12 de Novembro de 2015

Ele leva a alcunha de louco no próprio nome e, de fato, Frédéric Pinel tem o frenesi de criar, inventar e repensar novas formas para acondicionar acessórios com sofisticação. Se todos nós temos um pouco de loucura, pode-se afirmar que Frédéric Pinel é muito mais louco que todos nós, afinal, ele tem em seu nome de batismo a significação, pelo menos em língua portuguesa, de louco! E, talvez, Fred seja mesmo “pinel” no sentido literal do termo. Um louco criativo que ousou abandonar uma promissora carreira de publicitário para se aventurar, literalmente, de malas e cuias, em um ofício artesanal aliando o savoir-faire francês com a arte de viajar com sofisticação.

Autodidata, Frédéric Pinel decidiu revisitar o mundo da maleteria de luxo e propor suas realizações com uma boa dose de humor, irreverência e criatividade. Com um minucioso e detalhado trabalho artesanal, as criações de sua grife “Pinel – Pinel” conquistaram o mundo, grandes marcas e personalidades do show bizz. De seus ateliês, situados no alto de Montmartre, em Paris, Fred Pinel elabora com sua equipe de artesãos os pedidos especiais, tão luxuosos quanto complexos, que recebe sob encomenda. Nesses espaços onde, no passado funcionava uma padaria, as criações são desenhadas e desenvolvidas à mão, obedecendo à velha tradição do artesanato francês. Cada peça é revestida com peles exóticas em cores pop e suas estruturas são fortalecidas em fibra de carbono ou titânio para torná-las mais leves e resistentes.

Com um pé na arte lúdica e outro no design, Fred Pinel colaborou com a marca de eletro-eletrônicos Bang – Olufsen para a criação da mala “Soprano” e um mega-maleteiro para pique-nique com os champagnes Krug, sem mencionar, a peça “Just 23”, projetada para armazenar 23 pares de tênis Nike Air do jogador de basquete Michael Jordan. Há 10 anos ele foi o pioneiro ao desenhar a primeira maleta para acomodar uma bicicleta dobrável da marca Brompton e declinou suas criações numa incrível variedade de bolsas, maletas e diversos acessórios, todos em couro.

Além do maleteiro-bonsai com regador integrado, que é uma ideia genial, “Pinel – Pinel” fabrica modernas maletas-supresas que podem esconder desde um bar e um boudoir revestido em couro multi-colorido ou ainda jukeboxes inspiradas nos anos 80, que fazem a alegria dos seus clientes durante uma festa, principalmente, quando eles decidem dançar com as “Havaianas” que tem suas hastes habilmente envolvidas em couro. Mais “pinel”, impossível!

pineletpinel.fr/

Pinel Creations - Havaianas

Você também pode gostar...

Para receber nossas matérias
Muito obrigado pela sua visita!
Correspondance Magazine®