“Grand Suites” Orient Express

28 de Junho de 2017

Os oficiais com seus inconfundíveis uniformes azuis e dourado dão as boas-vindas aos viajantes, enquanto a equipe a bordo acomoda malas e cuida de todas as necessidades dos passageiros. No interior do vagão, garçons elegantemente uniformizados servem champanhe, coquetéis e pratos refinados nas cabines. Caso o viajante prefira, os vagões destinados ao bar-restaurante ficam a disposição para almoços e jantares em tête à tête. Esses são apenas alguns dos privilégios de se viajar no Venice Simplon-Orient-Express, do Grupo Belmond, que promete revolucionar as viagens de trem a partir de março de 2018, quando os clientes poderão usufruir, a bordo do trem histórico, das novas “Grand Suites”, que combinam a opulência do estilo otomano e a elegância europeia.

As três novas e luxuosas acomodações, batizadas de “Grand Suites”, tem destino que atravessa as cidades românticas de Paris, Veneza e Istambul, onde a decoração de interiores das três cabines reflete o espírito de cada cidade, mantendo-se fiel ao estilo Art déco original dos anos 1920. Com projeto de interiores autêntico, que evoca a nostalgia e o glamour do passado, cada “Grand Suites” possui banheiro privativo com chuveiro, cama de casal e uma sala de estar, oferecendo o melhor conforto com estilo refinado. Esse trajeto entre Paris, Veneza e Istambul promete transportar os passageiros de volta à era dourada, quando as viagens de comboio abriram o caminho para que os viajantes cruzassem as fronteiras internacionais.

Foi o empresário Inglês James B. Sherwood – futuro fundador da Belmond Ltd. – que percebeu que o “Orient Express” poderia ter uma segunda vida e resolveu comprar, num leilão em Monte Carlo, dois vagões originais. A coleção histórica de trens Sherwood continuou nos anos seguintes e foram recuperados carros vendidos a museus, vagões utilizados como restaurantes pitorescos ou mesmo como bordéis miseráveis. Em 1982, depois de ter restaurado os vagões Art déco de todos os carros, nasceu a nova “Venice Simplon-Orient-Express” com serviço entre Veneza e Paris – Londres. O trem opera entre março e novembro, e as ligações hoje são múltiplas com passagens por Viena, Praga, Berlim, Verona. Uma vez por ano a magia a antiga glória do “Orient Express” é restaurada e o trem segue a antiga rota entre Paris e Istambul em uma viagem de seis dias com paradas em Budapeste e Bucareste. As carruagens são revestidas com painéis de madeira envernizada, tecidos preciosos em brocado, veludo, seda e cristal Lalique para as taças e detalhes da decoração.

 

Você também pode gostar...

Para receber nossas matérias
Muito obrigado pela sua visita!
Correspondance Magazine®