Jonathan Anderson

14 de Agosto de 2017

“Acredito que todas as marcas tem uma responsabilidade cultural em tudo o que fazem. Não importa o quão simples ou complexo seja o produto, é importante criar algo que tenha valor cultural”, filosofa o designer e estilista Jonathan Anderson, que nasceu na Irlanda do Norte em 1984 e estudou roupas masculinas no London College of Fashion. Em recente entrevista, Anderson enfatizou a importância de desenvolver mais cultura no mundo da moda e afirma que os consumidores estão desafiando a maneira de como comprar e que o mercado ainda não conseguiu se estabelecer nesse novo contexto sociocultural.

Em 2008 ele estabeleceu seu rótulo J.W. Anderson” com uma coleção masculina e em 2010, lançou uma coleção-cápsula para mulheres, alcançando rapidamente a aclamação da crítica e sucesso comercial. “JW Anderson” é considerada uma das marcas mais vanguardistas de Londres, com uma estética de design única que oferece uma interpretação moderna da masculinidade e da feminilidade. Trabalhando em dois universos completamente opostos, como um agitador cultural, por um lado com sua marca J.W. Anderson e, ao mesmo tempo, como diretor criativo da marca de luxo Loewe, que é percebida como artesanato e cultura, Anderson tenta dar eco as suas ideias democráticas na moda. Em setembro deste ano Jonathan lança uma linha de roupas desenvolvida em colaboração com o gigante de vestuário japonês Uniqlo, mais conhecido por seus conceitos de roupas básicas, coloridas e bem desenhadas. A gama outono-inverno é composta por cerca de 30 peças, incluindo casacos de duas faces, jaquetas, suéteres e lenços.

De olho no progresso desse jovem talentoso, em 2013, LVMH Moet Hennessy cimentou ainda mais o status de “J.W. Anderson” como uma marca da nova geração de estilistas. No mesmo ano, Jonathan foi nomeado diretor criativo da Loewe e trabalha concomitantemente em ambas as marcas. A grife “J.W. Anderson” evoluiu para uma marca de renome internacional e premiada, que incluem o “British Fashion Award” para “Emerging Talent, Ready-to-Wear” (2012), “The New Establishment Award” (2013) e “Menswear Designer of the Year” (2014). Jonathan Anderson também foi o primeiro designer a conquistar os prêmios feminino e masculino no mesmo ano no British Fashion Awards (2015).

Você também pode gostar...

Para receber nossas matérias
Muito obrigado pela sua visita!
Correspondance Magazine®