“London Uprising”

7 de Junho de 2017

Capital da moda, os estilistas britânicos são conhecidos por suas criações extravagantes, inovadoras e ousadas, como a “grande dama do punk” Vivienne Westwood, o eterno “sauvage beauty” Alexander McQueen, o “dandy” Paul Smith, a “eco-fashion” Stella McCartney e muitos outros criativos que fazem da capital londrina um melting point de arte, moda, contracultura e multinacionais. “Londres Uprising” é o primeiro livro que revela esse fenômeno contemporâneo da capital inglesa e o seu desenvolvimento internacional nos últimos quinze anos.

O perfil desses artistas da moda e suas criações é o tema dessa fantástica publicação da Phaidon, “Londres Uprising – Fifty Fashion Designers, one city”, escrito por Sarah Mower e Tania Fares, que desenharam a paisagem da moda londrina e suas múltiplas facetas histórico-cultural. Com a missão de revelar aos leitores o perfil íntimo desses criadores, as autoras visitaram o estúdio desses cinquenta principais fashion designers para mostrar suas práticas e filosofias, compartilhando com riqueza de detalhes o material de suas coleções privadas e seus espaços de trabalho.

Para conferir consistência a essa publicação sobre a moda inglesa, “Londres Uprising” conta com uma coletânea de entrevistas, que acompanha o perfil de cada um dos designers, feitas pelos editores de moda mais importantes de Londres incluindo Sarah Mower, MBE da Vogue.com, Lisa Armstrong do Daily Telegraph, Tim Blanks do Business of Fashion, Lucy Yeomans, editora-chefe Porter Magazine, Susanna Lau do Style Bubble, Justine Picardie, editor-chefe da Harper’s Bazaar e Alexandra Shulman, editora-chefe da Vogue.

Você também pode gostar...

Para receber nossas matérias
Muito obrigado pela sua visita!
Correspondance Magazine®