Martin Margiela

10 de Março de 2017

Apesar de nunca ter sido visto pelo público, “o pai do work in progress”, Martin Margiela, vai entrar em cartaz no dia 31 de março no MoMu – Museu da Moda de Anvers, na Bélgica, com a exposição “Martin Margiela – Os anos Hermès”. Com uma cenografia montada em torno de peças e imagens dos desfiles do período, a mostra vai contar até o final do mês de agosto como o estilista belga Martin Margiela revolucionou, graças ao seu talento e perspicácia, as coleções dessa Maison francesa clássica que se rendeu ao seu talento.

Nascido em 1959 em Limbourg, na Bélgica, Martin Margiela estudou na Royale Académie de Anvers e fez parte da primeira turma dos novos talentos da Bélgica, ao lado de conterrâneos como Dries Van Noten, Ann Demeulemeester, A. F.Vandervorst ou Véronique Branquinho. Alheio aos conceitos e análises sobre suas criações, Margiela iniciou sua carreira fazendo história. Entre 1984 e 1987, foi assistente de Jean Paul Gaultier e, desde esse período, o estilista belga já criava roupas que falavam de vestimenta.

A grife Hermès captou essa nova onda e foi seduzida pelo conceito. Numa época (1997), em que era de bom-tom engajar personalidades na direção de criação, a Maison Hermès escolheu a contra-mão do processo e contratou Margiela como estilista principal de sua linha “Femme”, uma escolha que se revelou inspiradora. A parceria entre Margiela e Hermès durou de 1997 a 2003, período em que o estilista transmitiu uma visão coerente e profunda de um luxo moderno, através de doze coleções consecutivas onde conforto, atemporalidade, autenticidade e classe, associados a um estilo refinado, foram a palavra de ordem que definiram seu imaginário sobre a mulher Hermès.

Suas criações falam por si e dizem muito, sobretudo, com o conceito de roupa como vestimenta, e sua visão sobre o assunto é bem definida porque não obedece à modismos. Martin Margiela soube se impor como um dos estilistas mais influentes e mais iconoclastas que apareceram nos últimos anos e mesmo ausente das badalaçõs fashion e afastado do métier, sua assinatura é reconhecida e apreciada por quem entende de moda e estilo atemporal.

Você também pode gostar...

Para receber nossas matérias
Muito obrigado pela sua visita!
Correspondance Magazine®