“Monsieur Alaïa”

22 de Janeiro de 2018

Azzedine Alaϊa (1930 – 2017) ​​​​brincava com o volume e o contorno do corpo feminino com suas criações tão apreciadas pelas mulheres. Para alcançar essa excelência artística, Alaϊa  não hesitava em misturar couro, rendas, penas, peles ou musselina de seda sobre vestidos e casacos sempre ultra-femininos e com estética futurista. “Na Escola de Belas Artes, na classe de escultura, fomos ensinados a girar em torno do modelo. Sempre girar em torno do modelo para poder ver todos os ângulos de uma roupa. É assim que aprendi a costurar”, dizia Alaïa.

O Design Museum, em Londres, reverencia através de uma bela exposição os 35 anos de alta costura desse estilista que dominava a técnica de dar forma aos seus desejos, criando roupas que sublimavam o corpo feminino de Stéphanie Seymour, Linda Evangelista, Iman, Naomi Campbell, Farida Khelfa, musas fiéis ao estilista, ou ainda de todas as mulheres que possuem uma peça assinada “Alaïa” em seu guarda-roupa. Uma das ambições da exposição “Azzedine Alaïa: The Couturier” é mostrar os últimos anos de trabalho desse estilista genial, que soube imprimir um estilo único em seu ritmo pessoal de criação.

“Azzedine Alaïa: The Couturier” apresenta mais de 60 modelos do estilista confeccionados nos últimos trinta e cinco anos, selecionados pessoalmente por Monsieur Alaïa e pelo curador convidado Mark Wilson, Curador-chefe do Museu Groninger, Holanda. A exposição também integra elementos arquitetônicos especialmente encomendados por artistas e designers com quem o costureiro mantinha um diálogo criativo de longo prazo, Ronan & Erwan Bouroullec, Konstantin Grcic, Marc Newson, Kris Ruhs e Tatiana Trouvé. Em cartaz de 10 de maio a 07 de outubro.

Você também pode gostar...

Para receber nossas matérias
Muito obrigado pela sua visita!
Correspondance Magazine®