Oitoemponto na “AD Intérieurs”

22 de Setembro de 2017

Todos os códigos da Oitoemponto estavam lá: sofisticação, elegância, aconchego, savoir-faire artesanal e uma pitada de ousadia graças ao papel de parede “Namban”, confeccionado à mão e concebido especialmente para o evento “AD Intérieurs 2017”, que reuniu 10 decoradores durante os dias 06 e 20 de setembro na Monnaie de Paris. Pelo terceiro ano consecutivo, Jacques Bec e Artur Miranda destilaram a essência do seu talento criando um espaço decorado com esmero, agregando primorosas colaborações com grandes nomes da decoração de interiores, como o extraordinário tapete assinado pela “Tai Ping” em lurex, tencel, seda e entrelaçado com fios de ouro.

Convidados pela empresa de Gournay, especialista em papéis de parede pintados à mão, Jacques Bec e Artur Miranda se valeram de contos ilustrados com padrões de ouro abstrato e elementos figurativos em tons escuros para criar “Namban”, conferindo uma atmosfera teatral a esse papel de parede panorâmico, que evoca a arte do Japão imperial e retrata os primeiros contatos comerciais com os europeus, principalmente com os conquistadores marítimos portugueses. Os “Bárbaros do Sul”, termo tradicionalmente usado pelos japoneses para descrever esses estrangeiros, são representados nesta peça por bandos de gruas crescentes, um motivo freqüentemente visto no trabalho do célebre designer Art Déco Jean Dunand, outra fonte criativa da dupla de designers. O showroom de Gournay, em Paris, exibe o projeto em sua vitrines com o papel de parede em uma tela dobrável de seis painéis “Metropolis”, projetada especialmente para a ocasião, em marfim lacado e latão sobre um tapete de pele de cabra tibetana.

A riqueza dos detalhes e a densidade artística das criações da Oitoemponto para esse “boudoir” imaginário traduzem a força de atração pela composição da perfeita simetria entre os requintados móveis e objetos decorativos com assinaturas de peso como Ettore Sottsass, Patrice Dangel, Paul Haustein e Roger Capron, além da concepção singular do papel de parede “Namban”, feito à mão nas oficinas da empresa de Gournay. Esse é um dos virtuosismos da dupla Jacques Bec e Artur Miranda, que tem o dom de imaginar ambientes hipnotizantes, harmonizando peças sofisticadas, objetos preciosos e criações artesanais para compor uma atmosfera chique e envolvente.

PORTRAIT @Nuno Sat 

IMAGEM ©Jérome Galland

Você também pode gostar...

Para receber nossas matérias
Muito obrigado pela sua visita!
Correspondance Magazine®