Oitoemponto

5 de Janeiro de 2016

Para entender o que motiva a dupla criativa franco-portuguesa da Oitoemponto, Correspondance Magazine® conversou com os designers de interiores Artur Miranda e Jacques Bec e pediu que eles explicassem em curtas linhas o significado desse vocabulário de acordo com o trabalho que desenvolvem

CRIAÇÃO: É a adrenalina que, há mais de 20 anos, nos faz inovar e surpreender nossos clientes em permanência. Somos ávidos observadores, adoramos estar em todos os lugares, conhecer tudo, se apropriar de novas ideias.

SONHOS: É um misto de elegância e equilíbrio. 

FANTASIA: A partir do momento em que desenhamos o primeiro rabisco, a fantasia deixa de existir e o projeto torna-se realidade.

MÃO-DE-OBRA ARTESANAL: É uma parte indispensável do nosso savoir-faire por isso mantemos uma relação próxima aos nossos artesãos, algo indispensável para que possamos conceber peças de extrema qualidade.

PAIXÃO: Somos apaixonados por coisas bonitas, por belas imagens. Paixão é prazer e privilégio.

DESAFIOS: Não queremos ser perfeitos mas somos perfeccionistas. O eterno aperfeiçoamento do nosso trabalho consiste em propor projetos cada vez mais exclusivos, orientados para um cliente privado que possui um alto nível de exigência.

NOVOS PROJETOS: Temos vários, afinal, amanhã sempre será um novo dia.

TRABALHO CRIATIVO: O total concept é nossa assinatura: todos os invisíveis pormenores são  estudados. Trabalhamos de dentro para fora, estudamos os desejos e hábitos dos clientes para depois materializá-los. Os espaços e os objetos de cada projeto são pensados e selecionados com afinco e o resultado final faz com que o cliente não tenha que se adaptar ao ambiente mas se apropriar dele.

FUTURO: “Never be satisfied”.  Para a filosofia da Oitoemponto a satisfação é o princípio do fim.

SER um designer é … Não conhecer tudo. Ser naïf de vez em quando é maravilhoso. Põe em perspetiva tudo o que pensávamos saber até o momento.

Mobiliário criado com inspiração na arquitetura brasileira e exposto na boutique de moda de Junko Shimada, em Paris.

 Imagem Nuno Sat

 

Você também pode gostar...

Para receber nossas matérias
Muito obrigado pela sua visita!
Correspondance Magazine®