Sharon Santoni

20 de Setembro de 2017

A Normandia, no norte da França, suas paisagens bucólicas e um estilo campestre encantador, que retrata a verdadeira alma francesa, foram algumas das fontes de inspiração do novo livro de Sharon Santoni, “My French Country Home”, lançado pela editora Gibbs Smith. Nessa publicação Santoni partilha deliciosas receitas, que acompanham as quatro estações do ano, além de convidar o leitor para conhecer seu estilo singular de viver, revelado através de tocantes imagens da sua casa e da natureza ao redor, clicadas pelo fotógrafo Franck Schmitt, que soube captar com talento e singeleza cada detalhe. Em cada página de “My French Country Home” o leitor vai, sem dúvida, desejar conhecer essa região francesa tão romântica, tão cheia de encantos com seu jeito autêntico de viver.

“O verdadeiro luxo é usufruir de liberdade para nos adaptar e evoluir em permanência…”, assegura Sharon Santoni do alto de sua experiência, revelando que mudou, literalmente, de estilo de vida no espaço de sete anos, passando de super mãe em tempo integral de quatro filhos para autora, blogueira e fornecedora de produtos franceses. Com sua proposta personalizada My Stylish French Box, onde oferece, a cada três meses, uma caixa sazonal repleta de produtos genuinamente franceses. Para entender como surgiu esse fascínio pela França, Correspondance Magazine® conversou com a autora britânica, que vive na Normandia com seu marido francês e seus dois adoráveis cachorros, o golden retriever “Gibson” e o fox terrier “Ghetto”, fiéis companheiros de Sharon Santoni.

Conte-nos um pouco sobre a pesquisa que você fez para a publicação de “My French Country Home”. Por que foi importante para você mostrar esse tipo de estilo de vida?

– Não chamaria de pesquisa, porque é simplesmente um registro da maneira como vivemos aqui, da nossa realidade no dia a dia que está intimamente ligada e afetada pela mudança das estações. Observar a beleza cotidiana é uma parte muito importante do “viver criativamente” e isso é algo que amo compartilhar com as pessoas. A paisagem campestre dessa região francesa muda bastante de um mês para outro, e isso é continuamente inspirador.

Quais foram os passos para escrever um livro sobre o estilo de vida francês?

– Tentei incluir uma mistura de algumas das minhas receitas favoritas e imagens do jeito como vivo e me divirto aqui na Normandia. Algumas fotografias precisavam de um planejamento cuidadoso, especialmente as que foram produzidas ao ar livre, onde não queríamos nem chuva, nem uma luz muito brilhante que dissimulasse a beleza natural da paisagem. O objetivo era mostrar uma variedade de situações e formas de servir com simplicidade e elegância.

Como você achou ideias gastronômicas para incluir em “My French Country Home”?

– As ideias foram fáceis porque as refeições são parte da vida cotidiana. Nos concentramos no que era importante misturar: os locais a serem fotografados e o estilo de mesa ou refeição para torná-los interessantes e atraentes. De um piquenique às margens do rio a uma mesa na floresta ou um jantar formal, tudo isso faz parte da minha vida cotidiana na Normandia.

Qual foi a parte mais interessante de tudo isso para você?

– Fiquei muito feliz em trabalhar com o fotógrafo Franck Schmitt novamente neste projeto. Ele é um ótimo profissional nossas ideias fluem com facilidade. Mas a recompensa real foi ver o livro completamente finalizado depois de tantos meses de preparação. Ver todo o esforço que fizemos impresso nessas belas páginas é gratificante e enriquecedor.

Por que você gosta de viver na França? Qual é o seu interesse neste país em particular?

– Sinto-me realmente em casa na França, vivendo no campo aqui na Normandia. Adoro nosso cotidiano e a maneira como podemos encontrar tempo para as pequenas coisas, como uma boa refeição com os amigos, ou aproveitar as compras no mercado ou diretamente com os agricultores.

Qual é o seu fato favorito sobre “My French Country Home” e por quê?

– Sempre fico emocionada e surpresa com o fato que nosso estilo de vida aqui na França ressoa tão amplamente em todo o mundo. A arquitetura, a gastronomia, a arte de viver francesas, em geral, tem um apelo mundial e tenho muita sorte de poder promovê-lo através do meu site e dos meus livros. No mais, acho que sou apenas uma garota que ama esse país de coração. Adoro o espaço, as paisagens e a forma como as estações mudam tudo continuamente e, claro, aqui na Normandia, estou perto o suficiente para ir a Paris, respirar uma pouco de vida citadina sempre que quiser e voltar correndo para o meu refúgio campestre.

Que tipo de sugestão sobre estilo de vida você gostaria que as pessoas observassem no seu livro “My French Country Home”?

– Que eles saibam desfrutar das pequenas coisas da vida, a recompensa é gratificante…

Você também pode gostar...

Para receber nossas matérias
Muito obrigado pela sua visita!
Correspondance Magazine®