“Studio Blumenfeld, New York 1941-1960”

25 de Abril de 2017

 

“É um dos poucos fotógrafos de seu tempo a ter audácia suficiente para colocar em evidência modelos fora dos padrões (…) ou manequins desconhecidas, ” explica sua neta Nadia Charbit Blumenfeld e François Cheval, curadores da exposição “Studio Blumenfeld, New York 1941-1960” em cartaz na Cidade da Moda e do Design, em Paris, até 04 de junho.

A Princesa Grace Kelly foi uma das beldades dos anos 50 que posou para suas lentes naturalmente, afinal, Erwin Blumenfeld (1897-1969) ama fotografar as mulheres e a beleza feminina sempre esteve no centro da sua obra. Como fotógrafo e diretor de arte, Blumenfeld contribuiu com várias revistas como Vogue, Harper’s Bazaar, Cosmopolitan e revolucionou a imagem de moda do seu tempo. A exposição no “Studio Blumenfeld, New York 1941-1960” presta homenagem a esse fotógrafo que criou clichés fantásticos nos seus anos mais fecundos, entre 1941 a 1961, durante os quais seu estúdio em Nova York foi o lar de sua engenharia criativa e experimental.

Quase duas centenas de obras, incluindo fotos inéditas, foram selecionadas a partir de centenas de arquivos pessoais do artista. Todas essas imagens, habilmente colocadas em cena, se apresentam como uma viagem construída do interior ao exterior, onde Blumenfeld eternizou a beleza de mulheres extraordinárias, famosas ou anônimas. Apesar de trabalhar fotografando o mundo da moda em Nova York, ele nunca esqueceu suas influências artísticas europeias, que forjaram seu estilo peculiar e inovador, caracterizado pelo jogo de luzes e cores, enquadramentos inusitados, repetição de figuras e padrões de imagens incomuns.

“Sua singularidade, afirmam os curadores da exposição, reside no seu desejo permanente de criar uma relação entre as encomendas profissionais e suas referências artísticas.” Em suas fotografias reconhecemos um amontoado de influências visuais com pinceladas da pintura renascentista ao impressionismo, do modernismo dos anos 20 ao cinema de arte… “O resultado é impressionante, audacioso e mais do que nunca atual!”

TEXTO – Chantal Manoncourt

IMAGEM © The Estate of Erwin Blumenfeld

Você também pode gostar...

Para receber nossas matérias
Muito obrigado pela sua visita!
Correspondance Magazine®