Um hambúrguer, por favor!

12 de Janeiro de 2018

Hambúrgueres são um assunto muito pessoal e tema de inúmeras discussões do tipo: o que faz com que um hambúrguer seja bom? Os ingredientes, o pão, a salada, o recheio? Uma vez escolhido todos os componentes, o que torna este hambúrguer tão especial? Existem vários fatores, entre os quais, foi constatado sociologicamente que comer hambúrguer é sempre mais prazeroso em boa companhia. De qualquer maneira, o melhor hambúrguer é o que é devorado pela fome.

No que diz respeito ao fundamental de sua preparação, o que define de verdade um hambúrguer é a carne! Quem faz um bom hambúrguer sabe fazer massagem, sem dúvida, porque é preciso colocar as mãos no lombo, de preferência, relativamente magro, para adicionar, como num ritual,  todos os componentes necessários para garantir que ele permaneça suculento. Em seguida, vem o bacon e então a receita vai ficar perfeita. Afinal, tudo com bacon fica tão mais gostoso, sobretudo, se ele é usado da forma mais simples: apenas cozido, crocante e acompanhado de um bom hambúrguer. Depois vem o queijo cheddar irlandês ou de outra nacionalidade que tenha a dignidade de produzi-lo com qualidade. Para decorar e dar aquela pitada de cor e sabor, as cebolas vermelhas salteadas, o alface e os tomates orgânicos formam uma harmoniosa composição. Sem esquecer o sacro-santo pão, que é tão importante quanto os demais ingredientes e, no final das contas, é ele o mensageiro oficial da refeição. Como acompanhamento: suculentas batatas fritas. Birdy Hamburguers ou ligue para o delivery neste número 06 84 25 09 88.

IMAGEM © Pierre Lucet Penato

 

Você também pode gostar...

Para receber nossas matérias
Muito obrigado pela sua visita!
Correspondance Magazine®