Paraíso provençal

20 de setembro de 2021

Perfeitamente planejada para se tornar o escritório doméstico durante a pandemia do Covid, os designers Christopher Poyet e Emil Humbert passaram três anos criando uma segunda casa, um retiro no campo na Provença. Antigo abrigo com sua linda estrutura « bastide », usada para abrigar ovelhas no primeiro andar e os aposentos dos pastores no andar superior. A proposta do local era simples: proteger as ovelhas e os pastores do calor, durante o verão e do frio no inverno.

A localização é ideal, pois fica a apenas uma hora de carro do vilarejo do Rocher, em Mônaco, e os designers costumam dirigir entre seus escritórios e os projetos que desenvolvem em Mônaco e Paris, chegando à casa de campo nas manhãs de sexta-feira e partindo às segundas-feiras. A dupla queria manter o máximo possível da estrutura original autêntica e, embora o abrigo tenha sido ampliado várias vezes, essa estrutura mantém muitas de suas características e componentes originais de uma fazenda rústica. Isso inclui os ladrilhos que agora cobrem o chão da sala, bem como as venezianas patinadas. Paredes brancas, portas em arco, vigas de madeira expostas e móveis de madeira e rattan evocam a sensação de uma vida rural e tranquila na Provença.

Para encontrar peças autênticas, os designers frequentaram lojas de antiguidades e mercados mas nunca deixaram que isso os impedisse de adicionar peças fortes e modernas e infundir seu próprio estilo geométrico e gráfico nos quartos. Na sala de estar, por exemplo, uma litografia de Victor Vasarely é colocada acima da lareira de frente para uma mesa lateral de cerâmica semelhante a uma escultura da escultora parisiense Agnès Debizet ladeada por assentos modernistas – uma poltrona Pierre Jeanneret de um lado e uma cadeira Marco Zanuso do outro.

Eles também deram liberdade ao artista italiano Roberto Ruspoli para desenhar rostos de linhas infinitas na parede de um quarto de hóspedes, em uma escada e na sala de jantar. A mistura de peças valiosas com achados simples e obras modernas, se harmonizam com antiguidades e cores suaves de tons naturais, criando uma atmosfera cheia de vida e relaxante com pitadas luxuosas. Para os designers, esta é uma casa, não um espaço bem pensado com peças em exibição. Talvez trabalhar em casa seja um dos segredos do sucesso da dupla que, ao longo dos anos, tem realizado projetos luxuosos que variam de vilas e hotéis a showrooms e escritórios na Europa, incluindo Mônaco, Paris, Berlim, Londres, Cidade do México e Dubai. A agência de design Humbert & Poyet é sediada em Mônaco desde 2007.

Reportagem Especial Correspondance Magazine®

IMAGEM – Cortesia Aurélien Chauvaud © Todos os direitos reservados

Você também pode gostar...

Para receber nossas matérias
Muito obrigado pela sua visita!
Correspondance Magazine®