Amor pelo retrato

12 de Dezembro de 2019

Cerimonial, psicológico, alegórico, íntimo, mimético ou idealizado, na história da arte fotográfica, o retrato sempre responde aos mesmos objetivos e às mesmas perguntas. O desejo de idealização e realismo é ainda mais relevante do que nunca, onde cada um de nós deseja aparecer em público ou nas redes sociais sob nosso melhor perfil. Com sua abordagem minimalista e intuitiva, Nadav Kander mostra seu interesse pela experiência universal, que transcende a especificidade da persona ou status público. Suas representações enigmáticas de atores, artistas, músicos, autores, ícones esportivos e líderes políticos – de Barack Obama, John le Carré, Alexander McQueen, a Tracey Emin, Robert Plant e Príncipe Charles – são estratificadas e penetrantes, revelando momentos inesperados de devaneios e vulnerabilidade.

“Não fotografo para contar histórias”, confirma Nadav. “Fotografo para tornar algumas possíveis histórias. O espectador, se sustentar o olhar por tempo suficiente, torna-se o autor do significado da obra”. Abrangendo trinta anos e incluindo mais de 200 imagens fascinantes o livro “Nadav Kander: The Meeting” este é o primeiro volume dedicado exclusivamente ao retrato e mostra a incrível variedade de seu trabalho. Essa edição especial, lançada pela editora alemã Steidl, aborda de forma consistente o quanto os assuntos de Kander nunca são previsíveis, pois provavelmente são encontros diários com pessoas comuns, família de Kander, artistas mundialmente famosos, músicos, autores, ícones de esportes, líderes políticos e até um auto-retrato do artista na casa dos 20 anos.

Independentemente do status de seu personagem – seja membro da família real ou uma celebridade influente – o retrato de Nadav Kander mostra o que torna esse indivíduo em particular humano. Seu objetivo é ir além de capturar uma semelhança precisa – acessar as emoções internas, a incerteza, a sombra tanto quanto a luz, o complexo senso de si que, de outra forma, fica escondido. “Revelado e oculto, beleza e destruição, facilidade e doença, vergonha e vergonha”, explica Kander, “Esses paradoxos são essenciais para todo o meu trabalho e representam o que é comum a todo o meu variado assunto…” Esta coleção, o primeiro livro dedicado seu retrato mostra o alcance e as nuances do trabalho de Kander.

Nadav Kander nasceu em Israel em 1961 e é titular de inúmeros prêmios internacionais, foi premiado com o “Lucie 2009” de Melhor Fotógrafo Internacional e teve suas imagens expostas em renomadas instituições artísticas, entre as quais, Royal Photography Society, National Portrait Gallery e Victoria and Albert Museum, em Londres; Palais de Tokyo, em Paris e Shangai Art Museum. O fotógrafo é assíduo colaborador das publicações The Sunday Times Magazine, Rolling Stones, Another Man, Dazed & Confused e The New York Times Magazine, para este útimo fez um documentário, batizado de “Obama’s People” durante a campanha presidencial nos Estados Unidos.

EDIÇÃO DE TEXTO – Marilane Borges

IMAGEM – Cortesia Editora Steidl para o livro “Nadav Kander: The Meeting” © Todos os direitos reservados

Você também pode gostar...

Para receber nossas matérias
Muito obrigado pela sua visita!
Correspondance Magazine®