Fotografia de moda

27 de Março de 2020

De Courrèges a Mugler, de Saint Laurent a Pierre Cardin, o fotogarfo suiço Peter Knapp colaborou com os maiores estilistas de moda. Para festejar seu énorme talento, a Cidade da Moda e do Design, em Paris, homenageia esse renomado fotógrafo de moda  através de mais de uma centena de fotos. A exposição batizada de Dancing in the Street – Peter Knapp et la Mode (1960-1970), se concentra no auge de sua carreira entre os anos 60 e 70, quando Knapp trabalhou para grandes títulos da imprensa internacional e assumiu o cargo de diretor artístico da revista Elle, além de ser fotógrafo da Vogue, Stern e Sunday Times Magazine.

Peter Knapp, 87 anos de idade, renovou completamente a fotografia de moda dos anos 60 e 70, liberando-a das convenções que pesavam nas atitudes das modelos. Valendo-se de sua visão multifacetada, como fotógrafo, designer gráfico, pintor e cineasta, criando e produzindo documentários para programas televisivos. Knapp desviou os códigos da moda tradicionais, renovando suas formas estéticas, valendo-se casualmente da leveza e tirando partido de poses sensuais. Antes dele, a irreverência no mundo da moda era bastante policiada e estava restrita apenas à decoração dos editoriais. Muito influenciado pelo cinema, Knapp quebrou paradigmas compondo suas images em movimento, como se  desejasse acompanhar a metamorfose feminina, promovendo de uma certa forma a grande liberação das mulheres.

EDIÇÃO DE TEXTO – Marilane Borges

IMAGEM – Cortesia Peter Knapp © 2020 Todos os direitos reservados

Você também pode gostar...

Para receber nossas matérias
Muito obrigado pela sua visita!
Correspondance Magazine®