Os gigantes de Veilhan

7 de dezembro de 2020

Considerado um dos maiores artistas contemporâneos da sua geração, o francês Xavier Veilhan é avesso à imprensa e muito seletivo quando se trata de publicar algo sobre o seu trabalho. Suas esculturas, normalmente gigantes, revelam uma outra face criativa desse artista plástico que cultiva o distanciamento do mundo da bajulação artística como estilo de vida. Nascido em 1963 em Lyon, Veilhan vive e trabalha em Paris.

Em outubro deste ano Veilhan inaugurou “Os gigantes de Vårberg”, duas esculturas públicas de grande escala, em Vårberg, Estocolmo. Imaginadas por Xavier Veilhan, essas obras super-dimensionadas são uma contribuição visualmente marcante para a área e, como uma obra especialmente pensada pelo artista, as esculturas tem como objetivo evoluir ao longo do tempo. Esse projeto, comissionado por Stockholm Konst, teve orçamento reservado pelo município de Estocolmo, e o tamanho das esculturas fazem dele a maior contribuição para a arte pública na história moderna da cidade. O Vårbergs jättar ficará instalado em permanência nas áreas verdes Stråkparken e Pelousen no bairro de Vårberg, subúrbio à sudoeste de Estocolmo, na Suécia.

Obcecado em demonstrar sua visão do real e do irreal no espaço público, o artista incorpora, por meio do seu bestiário e de suas arquiteturas futuristas, uma resposta para essa constante reflexão sobre o status da representação e da materialização de suas ideias. Multifacetado, Xavier Veilhan se apropria de vários médiums para incorporar escultura, pintura e fotografia no seu universo artístico. Ele inventa formas, incorpora imagens e desenha objetos em grandes formatos, que convidam os visitantes a se identificar, interagir ou estranhar sua presença no espaço público.

TEXTO – Marilane Borges

IMAGEM – Cortesia da Galeria Andréhn-Schiptjenko © Veilhan / Bildupphovsrätt, 2020 Konstnär: Xavier Veilhan © Naina Helén Jåma © Todos os direitos reservados

Você também pode gostar...

Para receber nossas matérias
Muito obrigado pela sua visita!
Correspondance Magazine®