Toque de Midas

22 de Outubro de 2019

Deus habita nos detalhes, esse é o credo da revista Kinfolk e do escritório Norm Architects. Nathan Williams criador da Kinfolk e Jonas Bjerre-Poulsen, co-fundador do Norm Architects, uniram criatividade, talento e uma overdose de estilismo para lançar o livro branco “The Touch”, publicado pela editora alemã Gestalten com o objetivo de explorar a arquitetura de interiores sensorial de vários projetos ao redor do globo. A distribuição de capítulos dessa publicação faz referência aos blocos de construção e aos elementos considerados primordiais na arquitetura, entre os quais, luminosidade, materialidade, cores, natureza e harmonia, este último item pode ser traduzido pela inserção do projeto na comunidade local.

“The Touch” tem uma bela amostra de fotografias visualmente atraentes que permeiam impressionantes 25 projetos de arquitetura de interiores, colocando em evidência o caráter filosófico da contsrução, pensada para elevar o espírito. Além de entrevistas com personalidades importantes, como John Pawson e David Thulstrup; também estão listadas no livro como fonte de inspiração belas casas, hotéis, museus e lojas de varejo, evocando designers contemporâneos como Ilse Crawford ou Bijoy Jain e casos clássicos como Arne Jacobsen. Para uma compreensão mais profunda dos conceitos explorados, “The Touch” inclui um apêndice com perfis de arquitetos como Lina Bo Bardi e Richard Neutra, sem esquecer das heranças do design que ajudaram a influenciar esse movimento.

A teoria dos autores de “The Touch”, Nathan Williams e Jonas Bjerre-Poulsen, é mostrar aos leitores que os projetos selecionados para esta publicação são surpreendentes tanto pela estética visual como pela parte sensorial. O objetivo é que, não somente os elementos visuais estejam presentes, mas todos os sentidos humanos”, explicam entrelinhas a dupla Williams e Bjerre-Poulsen. A publicação convida os leitores a apreciarem esses 25 projetos inspiradores, criados por arquitetos de talento, onde o design de interiores não é apenas visualmente atraente mas uma referência do savoir-faire arquitetural. Para citar apenas alguns modelos, a Tomba Brion, desenhada por Carlo Scarpa, na Itália; a Residência Bijuu, no Japão, imaginada por Teruhiro Yanagihara; o restaurante japonês Yakuma Saryo, por Simplicity; a Copper House II, na Índia, projeto assinado pelo Studio Mumbai ou ainda o Resort  Hoshinoya Kyoto, situado no Japão, planejado por Azuma Architects & Associates; assim como o Museu Yves Saint Laurent, em Marrakech, desenhado pelo Studio KO e assim por diante.

TEXTO – Marilane Borges  

IMAGEM © The Touch Kinfolk & Norm Architects, gestalten 2019 © Christian Møller Andersen © Adrien Dirand © Jonas Bjerre-Poulsen

Você também pode gostar...

Para receber nossas matérias
Muito obrigado pela sua visita!
Correspondance Magazine®