Mimi Thorisson

4 de Outubro de 2019

Ela encarna a definição do conceito de um estilo de vida dos sonhos em todos os seus termos. Mãe de uma grande prole, sete filhos ao todo, um blog culinário de sucesso, lançamentos de livros de receitas, várias campanhas publicitárias e colaborações diversas com marcas e produtos, sem mencionar os mais de vinte cachorros que demandam atenção permanente… Mimi Thorisson é a imagem da mulher moderna, que consegue conciliar a vida cotidiana, desdobrando-se em suas várias atividades equacionando disponibilidade como modelo fotográfica para seu marido, mãe presente no dia a dia cuidando dos filhos, ao mesmo tempo que edita vários livros de receitas e uma bem-sucedida empresária feminina.

O sucesso e visibilidade dessa profissional multifacetada surgiu com seu blog Manger, que foi imaginado como um álbum de família, onde seu marido Oddur, que é um fotógrafo profissional e diretor artístico, sublima as imagens da residência familiar, ou em passeios pelas estonteantes paisagens da região do Médoc, situada no sudoeste da França. Oddur enquadra de maneira especial sua esposa e sua família em cenas dignas de um conto de fadas numa ode visual às tradições culinárias francesas. O trabalho do casal, que são parceiros de negócios, respira autenticidade numa sinergia que salta aos olhos, basta dar uma olhada nas fotografias que emanam amor e beleza, onde as crianças encantam pela sua candura nesse cenário de uma vida bucólica, enquanto Mimi aparece sublime na cozinha preparando pratos que dão água na boca.

Cozinhar se tornou uma de suas grandes paixões com o passar, porque na verdade sua carreira profissional começou muito longe dos fornos e fogões. Mimi Thorisson nasceu em Hong Kong de um pai chinês e de uma mãe francesa, se formou em finanças, uma área que não lhe agradava mas que fazia parte do percurso tradicional de sua família, e quando decidiu desbravar outros mundos, se mudou para Paris onde trabalhou como produtora da CNN Hong Kong. Foi nesse período que ela conheceu seu atual marido, o islandês Oddu. Alguns anos e quatro filhos depois, a vida parisiense parecia sufocá-los e o casal decide se aventurar longe de uma metrópole.

O endereço escolhido para esse novo recomeço foi a rue de Loudenne, em Saint-Yzans, vilarejo típico da região vinícola do Médoc, no sudoeste da França. Aqui, numa residência que data do século XVII, a ambição familiar de viver uma vida no campo começou a se tornar realidade. Coincidência ou não Saint-Yzans parece, de alguma maneira, ligado ao destino gastronômico de Mimi, porque o vilarejo encontra-se na rota dos grandes crus produzidos pelos castelos franceses, que atendem pelos nomes de Margaux, Bellegrave, Saint-­Julien, Saint-Estèphe, Lafite Rothschild e muitos outros. Aqui, nesse vilarejo sem grandes atrativos, o sonho de uma vida tranquila foi instaurado numa casa onde tudo respira ares de cozinha.

No meio da sala uma impressionante mesa de carvalho abarrotada de frutas e legumes dá o tom da decoração desse local destinado aos grandes eventos da família e à gastronomia. Pilhas de pratos antigos se acumulam pela sala ao lado dos tesouros de Mimi: muitos livros de receitas. Nomes como Jamie Oliver, Julia Child e Nigella Lawson aparecem mas o livro que chama a atenção são de uma atriz, a italiana Sophia Loren, que lançou suas “Receitas e Memórias”, onde fotos de família e receitas da mama italiana preenchem as páginas. Qualquer semelhança com a vida de Mimi é pura coincidência. Ou não. E tudo parece confirmar que a cultura italiana conquistou Mimi Thorisson, que  se divide entre sua residência no Médoc e seu novo lar em Torino, e vai lançar em breve mais um livro de culinária em homenagem à Italia.

EDIÇÃO DE TEXTO – Marilane Borges

IMAGEM © ZARA HOME, todos os direitos reservados

Você também pode gostar...

Para receber nossas matérias
Muito obrigado pela sua visita!
Correspondance Magazine®