Photo Australia

24 de fevereiro de 2022

A maior bienal de fotografia da Austrália retornará às ruas e galerias de Melbourne e da região de Victoria, com o PHOTO Australia de 29 de abril a 22 de maio de 2022. O Festival homenageará 123 artistas e fotógrafos locais e internacionais em 90 exposições, com 50 estreias mundiais, incluindo 24 projetos especialmente encomendados para o evento.

PHOTO Australia é a bienal que Melbourne estava esperando, incorporando obras de arte ambiciosas no próprio tecido da cidade e criando experiências únicas para o público em alguns de nossos marcos mais famosos. Uma trilha de 40 exposições ao ar livre pela cidade combinada com trabalhos comissionados e exposições exclusivas oferecem uma experiência artística única para o público.

Respondendo ao tema Ser Humano, o evento apresenta os grandes tópicos e minúcias da experiência humana, com trabalhos que criam momentos de admiração e admiração pela beleza e complexidade da vida hoje”, disse Elias Redstone, Diretor Artístico do PHOTO Australia.

Agora em sua segunda edição, o PHOTO Australia oferece uma oportunidade para o público de toda a Austrália e de todo o mundo fazer parte de uma celebração global de novas fotografias, arte e ideias, apresentando instalações ao ar livre em larga escala em locais icônicos e inesperados em Melbourne, habilmente estruturados com curadoria de exposições em 38 galerias, incluindo ACMI e NGV Australia.

Um rico programa cultural permeado de eventos instigantes, além de ações educacionais. Ao se concentrar nas questões mais importantes para nossos tempos, o Festival conecta as artes com diferentes elementos de nossas vidas através da ciência, psicologia, sociologia, tecnologia, atualidades e muitos outros.

Através do tema do PHOTO Australia, Ser Humano, artistas e fotógrafos vão desvendar a condição humana para explorar o que nos informa quem somos: o que nos une e o que nos torna únicos nas narrativas da Sociedade, do Eu, da Mortalidade, da Natureza e da História.

De uma tribo equatoriana lutando para salvar a floresta tropical à cultura jovem chinesa, e deepfakes às histórias das Primeiras Nações, a diversidade e a riqueza da vida humana contemporânea estão em exibição.

“De artistas contemporâneos a fotógrafos de rua, o PHOTO Australia é uma oportunidade para as pessoas se inspirarem na fotografia como forma de arte e questionarem o papel que ela desempenha em nossas vidas cotidianas. Estamos orgulhosos de apoiar o setor na Austrália através da contratação de artistas e elevando o perfil de Melbourne como uma cidade global da fotografia.

É também um momento para colecionar fotografia, com as principais galerias comerciais da cidade apresentando novos trabalhos de artistas australianos”, disse Mark Henry, presidente da PHOTO Australia.

O público poderá explorar a fotografia de alguns dos artistas mais aclamados de todo o mundo, com exposições australianas exclusivas de Gillian Wearing (Reino Unido), Paul Mpagi Sepuya (EUA), Mohamed Bourouissa (Argélia/França), Poulomi Basu (Índia), Vasantha Yogananthan (França), Aziz Hazara (Afeganistão), Martine Gutierrez (EUA), Massimo Vitali (Itália), Florian Hetz (Alemanha), Philip Montgomery (México/EUA) e Luo Yang (China).

Além desses e muitos outros, bem como novas encomendas feitas para renomados artistas australianos, entre os quais, Atong Atem, Naomi Hobson, Dean Cross, Ying Ang, Hannah Brontë, Scotty So, Madeline Bishop, Anu Kumar e Patrick Pound.

Juntamente com o extenso programa contemporâneo, dois ícones da fotografia serão homenageados no PHOTO Australia. Apresentado pelo Museu Judaíco da Austrália: Gandel Centre of Judaica em parceria com a Fundação Helmut Newton é Helmut Newton: In Focus que revelará a vida extraordinária de um dos fotógrafos de moda mais proeminentes e provocantes de todos os tempos.

Helmut Newton e a influente artista americana Cindy Sherman será celebrada com a maior obra de arte individual do festival até hoje instalada na fachada de um prédio na Fed Square.

Outros destaques incluem lightboxes de grande escala ao longo do Southbank Promenade; uma instalação de fotografia e som do artista Bidjara Christian Thompson no antigo pátio da Old Melbourne Gaol; a documentação épica de Jenny Lewis de uma comunidade de 0 a 100 anos exibida em mais de 100 metros de painéis de construção do Metro Tunnel; a primeira exposição do projeto aclamado pela crítica de Hoda Afshar Speak the wind na Monash Gallery of Art.

Exposições de fotógrafos queer locais e internacionais no Center for Contemporary Photography, Parliament Gardens e Prahran Square; a estreia mundial do projeto de Ross McDonnell feito em colaboração com os “Lost Boys of Afeganistão”; retratos de anciãos da nação Kulin por James Henry exibidos nos degraus do Old Treasury Building; e New Photographers, a vitrine de talentos emergentes do PHOTO Australia.

Reportagem Especial Correspondance Magazine®

IMAGEM – Cortesia dos fotógrafos e do Photo Australia © Todos os direitos reservados

148121

Você também pode gostar...

Para receber nossas matérias
Muito obrigado pela sua visita!
Correspondance Magazine®