Trio fantástico

8 de janeiro de 2021

Uma é bom, duas é ótimo, três é simplesmente fantástico! E com um trio de especialistas que o leilão “Le Temps est Féminin – Hermès & Luxury Bags”, em tradução livre, O tempo é feminino – Hermès & Bolsas de Luxo, vai acontecer entre os dias 17 e 23 de janeiro no hotel Hermitage, na Riviera Francesa. Tendo como objetivo oferecer aos clientes a peça-chave que vai fazer a diferença no visual através de uma joia, relógio ou bolsa Hermès, Alice Léger, Julie Valade e Marie Sanna são as especialistas por trás de uma seleção rica e variada de acessórios atemporais. O evento, que acontece duas vezes por ano em Mônaco, é organizado pela casa de leilões Artcurial.

Da produção de catálogos para as vendas e a coordenação para que todas as propostas sejam consistentes, é uma das especialidades do trio formado por Alice Léger, Julie Valade e Marie Sanna. Todas as opções apresentadas durante os leilões e nas vendas especiais são trabalhadas juntas, dos editoriais dos catálogos, aos convites especiais com a participação de perfis de personalidades que escolhem as peças originais que se encontram à venda para apresentá-las à sua maneira em uma seção que faz o leitor sonhar. Em 2020, o maior chalenge foi o de manter o trio trabalhando juntas mas à distância, com o intuito de aumentar as vendas, apesar da pandemia do Covid e respeitando as medidas governamentais de distanciamento.

Desse período conturbado, o trio declinou uma seleção mais adequada para o período mantendo como objetivo a qualidade irrepreensível e inovando ao publicar um catálogo com a previsão da seleção das peças mais emblemáticas de cada uma das vendas, que foi previamente enviado a todos os clientes. Para falar desse amor pelos objetos luxuosos e exclusivos, Correspondance Magazine® conversou com as especialistas Alice Léger, Julie Valade e Marie Sanna sobre o leilão batizado “Le Temps est Féminin – Hermès & Luxury Bags”, para falar sobre o desafio de encontrar as peças mais desejáveis ​​do momento.

Como surgiu essa ideia de trabalhar em trio para gerar um leilão de joias, relógios e das bolsas Hermès?

– Para nós é natural que colaboremos em trio porque, na realidade, cada uma gera o seu departamento e organiza as vendas relacionadas a sua especialidade. No final, tudo está interligado visto que, invariavelmente, um cliente muitas vezes tem relógios que são guardados numa caixa de joias e também possuem uma ou várias bolsas Hermès. Dessa forma, joias, relógios e bolsas fazem parte de um único universo. Uma vez que a seleção é feita, nossa prioridade é prepararmos as vendas, trabalhando na estratégia de comunicação para cada uma das nossas sessões e na divisão de custos.

Você poderia se apresentar aos nossos leitores?

Alice Léger Sou graduada em letras modernas e tenho um mestrado em mediação cultural, durante o qual trabalhei na crítica de Stéphane Mallarmé, La Derniere Mode. Este trabalho de investigação foi publicado e deu origem a uma conferência no CNRS durante um seminário “História e Moda” em 2018. Em seguida, entrei para uma escola de moda para concluir o mestrado em Gestão de Moda e Luxo. Minha paixão pela história da moda me aproximou dos leilões, e tive a oportunidade de ingressar na casa de leilões Artcurial em janeiro de 2017.

Julie Valade – Sou formada pela École du Louvre e pelo Institut National de Gemmologie de Paris e tenho um mestrado em direito. Dei meus primeiros passos no Etude Tajan, no departamento Art Déco, depois na direção do departamento de Joalheria. Após 5 anos de experiência em uma empresa especializada em joias, François Tajan me chamou em 2005 para vender joias e relógios na Artcurial e criar o departamento. Em 15 anos, a nossa atividade cresceu consideravelmente e criamos duas especialidades, a de Joalharia, que gerenciei, e a de Relojoaria que Marie Sanna assumiu.

Marie Sanna Comecei minha carreira no setor de Arte Moderna e Contemporânea. Foi Xavier, meu marido, colecionador inveterado e apaixonado pela relojoaria, que me apresentou essa arte. Em 2014, desisti da pintura para embarçar na aventura dos leilões de relógios e sou encarregada do departamento de Relojoaria de Coleção da casa de leilões Artcurial.

Conte-nos um pouco sobre as origens deste projeto “Le Temps est Féminin et Hermès & Luxury Bags”.

– Há vários anos organizamos o leilão em Mônaco, o Hermès Winter Collection em janeiro e Hermès Summer Collection em julho. Para esta sessão de inverno, queríamos abrir nossa venda para outras casas de luxo. A Maison Hermès continua a ser a principal mas temos ainda várias edições limitadas oriundas da Louis Vuitton, Chanel e Dior que completam a seleção oferecida no leilão.

Quais os maiores desafios de gerenciar um evento dessa envergadura?

– O principal desafio desta sessão de vendas foi, sem dúvida, este novo período de confinamento. O outro está relacionado diretamente ao título: o tempo! Preparar uma venda em pouco tempo é claramente uma corrida contra o relógio ainda mais nesse período de confinamento. Durante 4 meses corremos entre Paris, Milão, Mônaco, Colônia e Bruxelas, foi uma verdadeira Maratona!

O que mais fascina vocês num leilão deste gênero?

– Ter a possibilidade de propor peças que se complementem, e que se correspondam a fim de que nossos clientes ousem misturando acessórios que não parecem naturalmente compatíveis em estilo. Nosso papel é fazer nossos clientes descobrirem todo um universo estético em torno da temática de nossas vendas.

Você poderia citar três objetos ou acessórios que nossos leitores devem absolutamente adquirir durante este leilão?

Alice Léger O Mini Constance 18 em couro de lagarto Salvator Ombré. A bolsa Birkin Touch em crocodilo, Pruenoir fosco e pele de bezerro Togo Raisin. A bolsa Mini Kelly em couro de crocodilo Cassis liso.

Julie Valade O anel Panthère de Cartier em ouro amarelo e esmalte preto, no qual você desliza o dedo, num estilo bem ‘rock’ e atemporal. O anel de diamante rosa que tem uma cor sutil e irresistível, feminino mas não muito, e seu preço é bastante interessante. O longo colar Chapelet de Cartier, chique, e flexível, a cruz pode ser retirada e ele pode ser usado como pulseira.

Marie Sanna O modelo Première da Chanel, estimado em 400/600€, é um relógio super acessível e elegante que pode ser usado facilmente no escritório ou à noite. Um must-have. Um relógio de coquetel Piaget em ouro amarelo, ônix e diamantes no espírito dos anos setenta, ultra trendy, que não verá em nenhum outro pulso porque é uma série ultra limitada de apenas 6 cópias. Cartier, joias, pele de pantera, n° HSA.213. Por volta de 1938, pulseira de relógio em platina, laca, diamantes e ônix. Uma peça de grande delicadeza do período entre guerras, extremamente rara e em perfeito estado de conservação. Um verdadeiro tesouro!

Como você mantém contato com seus clientes e colecionadores?

– Temos uma relação de confiança e criamos laços fortes com nossos clientes e colecionadores. Existem várias ocasiões ao longo do ano em que cultivamos esse relacionamento que extrapola o contexto apenas dos negócios.

Somos solicitadas pelos clientes que nos contatam regularmente para ajudá-los a encontrar um objeto ou acessório específico, pedir um conselho sobre o mercado do luxo ou obter a opinião de um dos nossos especialistas sobre a qualidade e originalidade de uma peça.

Procuramos criar um vínculo de confiança com os nossos clientes, permanecendo atentas às suas expectativas e mantemos essa proximidade informando-lhes regularmente sobre os acessórios que serão colocados à venda. Enfim, construímos uma relação especial em torno de uma paixão comum.

Seus 3 melhores destinos de moda e arte do mundo?

Alice Léger Paris, Nova York, Londres.

Marie Sanna Suíça e o novo Musée-Atelier Audemars Piguet. O prédio em si tem uma arquitetura mineral criada por uma agência dinamarquesa, que abriga uma coleção extraordinária. A Place Vendôme, em Paris, endereço imperdível onde é possível encontrar num mesmo perímetro: Rolex, Patek Philippe, Breguet e todos os mais belos fabricantes de acessórios de luxo. O museu de Jerusalém que contém uma das mais belas coleções de relojoaria do mundo. Uma das peças mais impressionantes em exposição é certamente o relógio de Maria Antonieta, assinado pela Breguet, que data de 1783.

Julie Valade Na arte: Veneza, São Francisco, Londres & na moda: Paris, Milão, Barcelona.

Na sua opinião, quais são os adjetivos que caracterizam esse leilão “Le Temps est Féminin – Hermès & Luxury Bags”?

Alice Léger Autenticidade, tendência, preciosidade das peças apresentadas.

Marie Sanna A exclusividade, a qualidade, a tecnicidade e a raridade dos materiais, tais como a fixação de pedras preciosas, pedras duras como o ônix, o lápis-lazúli ou mesmo a corne.

Podemos esperar a publicação de um novo leilão?

– Continuaremos a oferecer vendas temáticas das maisons Hermès e Chanel, além de vendas mais gerais, relacionadas à moda e aos acessórios. A partir de fevereiro começaremos a preparar a próxima venda de Hermès & Luxury Bags que acontecerá em julho 2021.

TRADUÇÃO & EDIÇÃO DE TEXTO – Marilane Borges

IMAGEMCartier Broche Girafe en or gris pavee de diamants tailles en brillant et rehausse d’onyx pour le pelage et d’une emeraude pour l’oeil © Artcurial

Você também pode gostar...

Para receber nossas matérias
Muito obrigado pela sua visita!
Correspondance Magazine®